Rádio Mega Mixx:Tecno,Dance Trance,House,Drum'n Bass.,,

Total de visualizações de página

Estava a sua espera!!! Tô Feliz que veio... curta meu Blog!! Bjbjbjbj

Windows Live Messenger


Em casa!!! Bjbjbjbjbj "Você que visita meu blog e encontra suas idéias aqui publicada indevidamente, pode me contactar meu e-mail iracemarosolem@hotmail.com ... e tenha certeza ñ é de propósito! amo visitar blogs e publicar material interessante. Bjbjbjbjbj

João Rafael!!

João Rafael!!

Meus Lindos!!

Meus Lindos!!

Pedindo aplausos!!rsrsrsrsr...

Pedindo aplausos!!rsrsrsrsr...
Não é uma graça?

João Rafael

João Rafael
Tomando chimarrão 22 de junho de 2010 San Alberto - Py

Momentos

Momentos
FELIZ

Candura!

Candura!

Carinho!!

Carinho!!

Meu mais novo dos amores

Meu mais novo dos amores

Artesanatos da professora

Artesanatos da professora

Artesanatos da professora

Artesanatos da professora

"Amo ver você aqui!!!" : )

Volte quando desejar!! Ok???

Viva a vida com alegria!

"Família...Minha Paixão!!!"

Quem sou eu

Minha foto
Foz do Iguaçu, Paraná , Brazil
Sou professora aposentada, mãe de três filhos maravilhosos e vovó de um bebê lindo,amo viver...adoro ouvir músicas e sou fã nº1 de um bom regaae,adoro poesias ,internet,sou uma orkuteira de plantão ,adoro postar fotos e um monte de coisas. Bjbjbjbj

Amo sua visita... 24/09/09

free counters

Você está no...

sábado, 30 de outubro de 2010

A Idade de Ser Feliz

A Idade de Ser Feliz

Existe somente uma idade para a gente ser feliz,
somente uma época na vida de cada pessoa
em que é possível sonhar e fazer planos
e ter energia bastante para realizá-las
a despeito de todas as dificuldades e obstáculos.

Uma só idade para a gente se encantar com a vida e viver apaixonadamente
e desfrutar tudo com toda intensidade
sem medo, nem culpa de sentir prazer.

Fase dourada em que a gente pode criar
e recriar a vida,
a nossa própria imagem e semelhança
e vestir-se com todas as cores
e experimentar todos os sabores
e entregar-se a todos os amores
sem preconceito nem pudor.

Tempo de entusiasmo e coragem
em que todo o desafio é mais um convite à luta
que a gente enfrenta com toda disposição
de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO,
e quantas vezes for preciso.

Essa idade tão fugaz na vida da gente
chama-se PRESENTE
e tem a duração do instante que passa.
desconhecido

Não deixe de acreditar no amor

Não deixe de acreditar no amor, mas certifique-se de estar entregando seu coração para alguém que dê valor aos mesmos sentimentos que você dá, manifeste suas idéias e planos, para saber se vocês combinam, e certifique-se de que quando estão juntos aquele abraço vale mais que qualquer palavra...
Luís Fernando Veríssimo

Ensaia um sorriso

À DESCOBERTA DO AMOR

Ensaia um sorriso
e oferece-o a quem não teve nenhum.
Agarra um raio de sol
e desprende-o onde houver noite.
Descobre uma nascente
e nela limpa quem vive na lama.
Toma uma lágrima
e pousa-a em quem nunca chorou.
Ganha coragem
e dá-a a quem não sabe lutar.
Inventa a vida
e conta-a a quem nada compreende.
Enche-te de esperança
e vive á sua luz.
Enriquece-te de bondade
e oferece-a a quem não sabe dar.
Vive com amor
e fá-lo conhecer ao Mundo.
Mahatma Gandhi


quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Sonhos de mulher

Sonhos de mulher
Eduardo Baqueiro

Na calada da noite
Acalentado pelos ventos do mar,
Dentro de teu quarto
Onde guardas segredos teus,
Onde sonhas com teu príncipe
Que já não é mais encantado...
Tornou-se agora maduro
E o amor então mais seguro...
Dos seus anos já passaram quase 30
Mas os sonhos de criança ficaram guardados
na caixinha de surpresa que guardas
dentro do peito,
E eu me tornei teu príncipe
na esperança de teus sonhos realizar
Em teu coração para sempre reinar...
Na calada da noite
acalentados pelos ventos de teu mar...
Mulher que ainda tem muito
da criança faceira
Que teima em comigo sonhar
Somente a mim amar
Como se fosse a última coisa a realizar!
Teus fantasmas hei de espantar
Se preciso coragem hei de te dar
Para um dia com tuas duvidas acabar
E sem medo, sem receio, te ensinar
Que meu amor é tão grande quanto o seu,
infinitamente...

Se todos amassem...






















Se todos amassem...

Jamais existiria esse ódio entre os homens,
Não viveríamos neste mundo de horror.
Não seríamos escravos do pecado,
Nem pensávamos em ser pecador. Se todos amassem...
O mundo seria mais lindo,
A vida seria mais bela.
O tempo seria mais longo,
A alegria de viver seria eterna.
Se todos amassem...
O sonho seria realizado,
O pensamento estaria relacionado.
O desespero não estaria ao nosso lado,
E o ser humano... Seria preservado.


de Rônet Alves de Matos

Saber Viver






















Saber Viver

Saber viver é perdoar e esquecer
É amar mesmo sem reciprocidade
Prosseguir sem pensar em desanimar
Ao se ver diante da adversidade;
Saber viver é abominar a violência
Desterrar da alma o ódio e a vingança
É desfrutar da plena paz interior
Não deixar morrer jamais a esperança;
Saber viver é amar sem restrição
É doar-se sem esperar recompensa
Saber a hora exata de se calar
Para ouvir aquilo que o outro pensa;
Saber viver é nunca desejar o mal
É sorrir, é ter resignação
Não querer sentir-se o dono da verdade
Não insistir em estar sempre com a razão;
Saber viver é aprender com os próprios erros
E os obstáculos da vida superar
Aceitar críticas, ainda que injustas
Ser atingido e não querer revidar;
Saber viver é da vida não ter medo
É cultivar dentro de si a harmonia
Estar disposto a enfrentar vicissitudes
Agradecer a Deus por mais um novo dia;
Saber viver é saber preparar a terra
Lançar ao solo apenas as boas sementes
Dedicar-se a cultivá-las dia a dia
E colher bons frutos posteriormente.


de Lourdes Neves Cúrcio

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Eu sou aquele sonho bonito

Eu sou
um poema inacabado
que ninguém nunca leu.
Eu sou
a paisagem daquele quadro
que o pintor não terminou.
Eu sou
uma tarde quente de verão
em que não choveu.
Eu sou
Aquele rio que secou
Antes de alcançar o mar.
Eu sou
aquele sonho bonito
que ninguém realizou.
Eu sou
a escultura quase perfeita
que caiu da mão e quebrou.
Eu sou
aquela paixão gostosa
que por medo, alguém sufocou.
Eu sou
o amor que alguém esperava
mas nunca chegou.
Eu sou
metade do que eu desejava ser...
o dobro do que eu nunca esperei!!!

OS PORQUÊS DE NOSSAS VIDAS

OS PORQUÊS DE NOSSAS VIDAS
Socorro Lima Dantas


Os porquês de nossas vidas,
somente o destino saberá responder.
São partidas e retornos, sem explicação !
você chega suavemente,
clama o meu perdão,
diz que a minha ausência
em tua vida foi sofrida,
E eu não resisto ! perdôo...
corro aos teus braços,
cheia de esperanças,
mas, quando chego perto de ti, é tarde !
já estás seguindo por outra estrada,
não sentes o meu aroma,
nem percebes a minha chegada !
Corro desesperada,
estendo-te os meus braços,
mas tu já não me alcanças,
e, mais uma vez,
eu te perco de vista.
Por que estás sempre de partida ?!
fico desolada, sem entender nada,
neste momento,
já não sei mais o que ao meu coração dizer,
ah, coração teimoso !
que ainda reluta em te querer !
Só resta então esperar,
que um dia o destino entenda
que nós somos dois corações
que desejam ardentemente se reencontrar
para este grande amor vivenciar,
e nunca mais questionar
os porquês de nossas vidas.

Nem tudo é como a gente quer...

Nem tudo é como a gente
quer...


por Maria Silvia Orlovas -
morlovas@terra.com.br



Sempre quando as coisas me
desagradam, repito essa frase para mim mesma, porque aprendi que precisamos
trabalhar em nós o contentamento. Precisamos aprender a aceitar as coisas e as
pessoas como elas são, sem muitas cobranças, sem muitas expectativas, tentando
manter a auto-estima quando ouvimos um não e, ao mesmo tempo, sabendo nos
preservar quando é hora de ir embora.

Tudo uma questão de bom senso
e de maturidade.


Hoje acho que o tempo pode,
sim, correr a nosso favor, e não trocaria por nada deste mundo meus 48 anos
pelo meu tempo na juventude. Acho que cada ano que se passou trouxe uma
quantidade enorme de aprendizado, de purificação espiritual e de aprimoramento.



Quando era mais jovem não
sabia esperar, não sabia permitir a ação inexorável do tempo. Queria que as
coisas acontecessem do meu jeito e sofri demais por conta disso. Mas achava que
sofria por amor, pelas pessoas, pelo descaso de alguns, pela falta de
entendimento com outros... Quando, na verdade, sofria por mim mesma e por não
compreender que de fato nem tudo é como a gente quer.


Pensando nisso, lembrei de
São Francisco, ser de grande luz, que ensinou o amor e o desapego, patrono dos
animais que agora também foi convocado para defender o meio ambiente... Aliás,
nada mais natural para aquele que ensinou o respeito e o amor por tudo o que
estava à sua volta. Ser tão iluminado que perdeu a noção do eu egoísta e
assumiu o compromisso espiritual com o nosso eu generoso.


Podemos tentar começar essa
tarefa de aceitação amorosa compreendendo aqueles que fazem parte do nosso
círculo familiar. Mas concordo que pode ser difícil, não é amigo?



E já que nem tudo é como a
gente quer, por que não abrir a visão e encontrar coisas que nos agradam, mesmo
naquilo que temos que aceitar? Pois pode ser que justamente nesse mergulho para
encontrar o bem, sejamos recompensados!


Trazendo esse exemplo para
nossa vida, podemos perceber que em alguns momentos precisamos ser fortes para
romper e, em outros, temos que ser ainda mais fortes para aceitar. O que não
podemos é fechar os olhos para as experiências da vida quando já estamos
prontos para aprender com os desafios.

Boa sorte para nós...

domingo, 24 de outubro de 2010

Em Ti espero




Eu

Professora triste mas esperançosa.

Se me queres...













 Bilhete

Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho, Amada,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...
Mário Quintana

...o ato que não ousamos nem ...

















A UM AUSENTE

Tenho razão de sentir saudade,
tenho razão de te acusar.
Houve um pacto implícito que rompeste
e sem te despedires foste embora.
Detonaste o pacto.
Detonaste a vida geral, a comum aquiescência
de viver e explorar os rumos de obscuridade
sem prazo sem consulta sem provocação
até o limite das folhas caídas na hora de cair.

Antecipaste a hora.
Teu ponteiro enlouqueceu, enlouquecendo nossas horas.
Que poderias ter feito de mais grave
do que o ato sem continuação, o ato em si,
o ato que não ousamos nem sabemos ousar
porque depois dele não há nada?

Tenho razão para sentir saudade de ti,
de nossa convivência em falas camaradas,
simples apertar de mãos, nem isso, voz
modulando sílabas conhecidas e banais
que eram sempre certeza e segurança.

Sim, tenho saudades.
Sim, acuso-te porque fizeste
o não previsto nas leis da amizade e da natureza
nem nos deixaste sequer o direito de indagar
porque o fizeste, porque te foste
Carlos Drummond de Andrade

...é toda sigilo e nudez


































O SEU SANTO NOME

Não facilite com a palavra amor.
Não a jogue no espaço, bolha de sabão.
Não se inebrie com o seu engalanado som.
Não a empregue sem razão acima de toda a razão ( e é raro).
Não brinque, não experimente, não cometa a loucura sem remissão
de espalhar aos quatro ventos do mundo essa palavra
que é toda sigilo e nudez, perfeição e exílio na Terra.
Não a pronuncie.
Carlos Drummond de Andrade

...a que me conduziu a paixão

CONFRONTO

Bateu, Amor à porta da Loucura.
"Deixe-me entrar, pediu, sou teu irmão.
Só tu me limparás da lama escura
a que me conduziu a paixão"

A Loucura desdenha recebê-lo,
sabendo quanto o Amor vive de engano,
mas estarrece de surpresa ao vê-lo, de humano que era, assim tão inumano.

E exclama: "Entra correndo, o pouso é teu".
Mais que ningém mereces habitar
minha casa infernal, feita de breu.

Enquanto me retiro, sem destino,
pois não sei de mais triste desatino
que este mal sem perdão, o mal de Amor"
Carlos Drummond de Andrade

O Chão é a cama

O Chão é a cama

O Chão é a cama para o amor urgente,
O amor não espera ir para a cama.
Sobre o tapete no duro piso,
a gente compõe de corpo a corpo a última trama.
E para repousar do amor, vamos para a cama!
Carlos Drummond de Andrade

Sugar e ser sugado pelo amor

Sugar e ser sugado pelo amor

Sugar e ser sugado pelo amor
no mesmo instante boca milvalente
o corpo dois em um o gozo pleno
Que não pertence a mim nem te pertence
um gozo de fusão difusa transfusão
o lamber o chupar o ser chupado
no mesmo espasmo
é tudo boca boca boca boca
sessenta e nove vezes boquilíngua.
Carlos Drummond de Andrade

Atiro a rosa do sonho

Canção do dia de sempre

Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...

Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...

E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...

E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.

Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.

Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!

E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas...
Mário Quintana

Quem Sabe um Dia

[Quem Sabe um Dia]

Quem Sabe um Dia
Quem sabe um dia
Quem sabe um seremos
Quem sabe um viveremos
Quem sabe um morreremos!

Quem é que
Quem é macho
Quem é fêmea
Quem é humano, apenas!

Sabe amar
Sabe de mim e de si
Sabe de nós
Sabe ser um!

Um dia
Um mês
Um ano
Um(a) vida!

Sentir primeiro, pensar depois
Perdoar primeiro, julgar depois
Amar primeiro, educar depois
Esquecer primeiro, aprender depois

Libertar primeiro, ensinar depois
Alimentar primeiro, cantar depois

Possuir primeiro, contemplar depois
Agir primeiro, julgar depois

Navegar primeiro, aportar depois
Viver primeiro, morrer depois
Mário Quintana

Amor é privilégio de maduros

AMOR E SEU TEMPO

Amor é privilégio de maduros
estendidos na mais estreita cama,
que se torna a mais larga e mais relvosa,
roçando, em cada poro, o céu do corpo.

É isto, amor: o ganho não previsto,
o prêmio subterrâneo e coruscante,
leitura de relâmpago cifrado,
que, decifrado, nada mais existe

valendo a pena e o preço do terrestre,
salvo o minuto de ouro no relógio
minúsculo, vibrando no crepúsculo.

Amor é o que se aprende no limite,
depois de se arquivar toda a ciência
herdada, ouvida. Amor começa tarde.
Carlos Drummond de Andrade

Amor é bicho...






















Amor é bicho instruído
Olha: o amor pulou o muro
o amor subiu na árvore
em tempo de se estrepar.
Pronto, o amor se estrepou.
Daqui estou vendo o sangue
que escorre do corpo andrógino.
Essa ferida, meu bem
às vezes não sara nunca
às vezes sara amanhã.
Carlos Drummond de Andrade

As sem-razões do amor

NÃO DEIXE O AMOR PASSAR

NÃO DEIXE O AMOR PASSAR

Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.
Se os olhares se cruzarem e, neste momento,houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.
Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.
Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.

Por isso, preste atenção nos sinais - não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR.
Carlos Drummond de Andrade

Como esquecer você?













Como esquecer você?
Autor:Desconhecido

Se a cada tristeza
lembro-me do teu sorriso?

Se a cada solidão
sinto a tua presença?

Se a cada lágrima
lembro-me do seu silêncio?

Se a cada palavra
 lembro-me de você?

Você está a cada ausência.

Você está a cada gesto.

Em cada amanhecer da vida.

No silêncio do
 meu pensamento.

Lembro-me que
 foi bom te conhecer.

E sentir que
 sou o bastante...

Para te encontrar
 em cada alvorecer.

Te gosto com
 qualidades e defeitos.

Quero somente que
você me aceite apenas como sou.

Pense em alguém
no silêncio da noite.

Alguém que não precisa nem
do silêncio da noite
 para pensar em você.

Algum dia serei
 algo que passou na sua vida.

Mas, para mim você sempre
 será alguém que
 lembrarei com muito amor...
 
Te amo e sempre hei de amar.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Ser criança é ser poesia

  :  SER CRIANÇA É SER POESIA
 
Ser criança é ser poesia,
é receber carinho noite e dia
e crescer pela mão de um pai
que sabe ser criança.

Cada brincadeira
é um poema de inocência,
escrito num sorriso.

Ser criança
rima com esperança
declamada no colo de uma mãe.

Ser criança
é um verso de amor,
um céu de alegria
que infelizmente não toca
os olhos de todas as crianças.


Henrique Fernandes

Sonho de Crianca

Sonho de Crianca

Nas cores do arco-íris
Eu quero escorregar
Cair no centro da Terra
Sobre o magma surfar
Sem o perigo de me queimar
Colher estrelas - do- mar
Em cavalos marinhos cavalgar
Voar na companhia de mil passarinhos
Escalar montanhas e cruzar oceanos
Construir em árvores muitos ninhos
Brincar de bambolé  
Com os anéis de Saturno
Pelo universo dar um rolé
Vagando sem rumo
Quero saltar sobre águas vivas gigantes
Brincar de pique-esconde
Atrás dos elefantes
Atravessar nebulosas
Colher nos jardins do céu
Lindas rosas
Rosas que exalam
O perfume da esperança
Rosas de cor branca
Como a pureza da criança

                                  * Úrsula A. Vairo Maia *


quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Un infinito de maravilhas...






















Foz do Iguaçu - Pr

 HINO A NATUREZA

Vejo,

Abelhas voando, a procura do mel,
e muito ao longe, quase invisiveis horizontes,
também pequeninos e pontiagudos montes,
que estão se fundindo com o azul do céu...

Vejo,

o que na minha visão, parece uma belissíma tela,
olhando essa paisagem que me é tão linda,
com as aves voando, nessa tarde que finda,
em círculos, sobre a árvore de flor amarela....

Vejo,

Lá em baixo, as curvas de um rio, numa região bravia,
que abriga em seu leito e margem, tanta vida.
Bela visão, que daqui de cima se torna tão colorida,
verde e tão bela, como rimas de uma poesia...

Vejo,

O sol, que lentamente sobre o horizonte cai,
e daqui da montanha, já avistando tudo vermelho,
agradecendo por mais um dia, então ajoelho,
olhando e murmurando aos céus, obrigado, meu Pai.
GIL DE OLIVE


Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=154411#ixzz12M9jBH8q
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

VOA CORAÇÃO
Neide Salles

Não importa aonde vais parar,
Se cá ou em determinado lugar,
Segue seu rumo direto ao paraíso
Não espere o romper da aurora.
Lança fora as amarras do tempo,
Cerre as fendas dilaceradas.
Voa coração, ao encontro da liberdade,
Sua alegria é sem maldade.
Faça uma viagem às nuvens azuis,
Deixa o vento acariciar sua cicatriz.
Extraia do peito a saudade que não condiz
Com a presente realidade.
Voa coração, a procura da chamada liberdade,
Dê uma oportunidade aos sonhos naufragados,
Para sempre encubados em ti.
Voa coração destroçado, e retorne renovado.
VOA CORAÇÃO
Neide Salles

Não importa aonde vais parar,
Se cá ou em determinado lugar,
Segue seu rumo direto ao paraíso
Não espere o romper da aurora.
Lança fora as amarras do tempo,
Cerre as fendas dilaceradas.
Voa coração, ao encontro da liberdade,
Sua alegria é sem maldade.
Faça uma viagem às nuvens azuis,
Deixa o vento acariciar sua cicatriz.
Extraia do peito a saudade que não condiz
Com a presente realidade.
Voa coração, a procura da chamada liberdade,
Dê uma oportunidade aos sonhos naufragados,
Para sempre encubados em ti.
Voa coração destroçado, e retorne renovado.
Neide Salles

Não importa aonde vais parar,
Se cá ou em determinado lugar,
Segue seu rumo direto ao paraíso
Não espere o romper da aurora.
Lança fora as amarras do tempo,
Cerre as fendas dilaceradas.
Voa coração, ao encontro da liberdade,
Sua alegria é sem maldade.
Faça u
VOA CORAÇÃO
Neide Salles

Não importa aonde vais parar,
Se cá ou em determinado lugar,
Segue seu rumo direto ao paraíso
Não espere o romper da aurora.
Lança fora as amarras do tempo,
Cerre as fendas dilaceradas.
Voa coração, ao encontro da liberdade,
Sua alegria é sem maldade.
Faça uma viagem às nuvens azuis,
Deixa o vento acariciar sua cicatriz.
Extraia do peito a saudade que não condiz
Com a presente realidade.
Voa coração, a procura da chamada liberdade,
Dê uma oportunidade aos sonhos naufragados,
Para sempre encubados em ti.
Voa coração destroçado, e retorne renovado.
ma viagem às nuvens azuis,
Deixa o vento acariciar sua cicatriz.
Extraia do peito a saudade que não condiz
Com a presente realidade.
Voa coração, a procura da chamada liberdade,
Dê uma oportunidade aos sonhos naufragados,
Para sempre encubados em ti.
Voa coração destroçado, e retorne renovado.
VOA CORAÇÃO
Neide Salles

Não importa aonde vais parar,
Se cá ou em determinado lugar,
Segue seu rumo direto ao paraíso
Não espere o romper da aurora.
Lança fora as amarras do tempo,
Cerre as fendas dilaceradas.
Voa coração, ao encontro da liberdade,
Sua alegria é sem maldade.
Faça uma viagem às nuvens azuis,
Deixa o vento acariciar sua cicatriz.
Extraia do peito a saudade que não condiz
Com a presente realidade.
Voa coração, a procura da chamada liberdade,
Dê uma oportunidade aos sonhos naufragados,
Para sempre encubados em ti.
Voa coração destroçado, e retorne renovado.











Ainda há tempo pra vc?!

Tempo De...

Neide Salles


Ainda é tempo de viver...
Inebriando-se com o aroma das rosas,
Sentindo a fragrância da terra molhada,
Regozijar-se com o favo de mel.
 
Ainda é tempo de...
Arremessar pedras no rio,
Comprazer-se com o pôr-do-sol,
Apreciar a ostentação da lua.
 
Ainda é tempo de viver...
A plenitude de um novo amor,
Os prazeres indizíveis,
O pecado mil vezes adiado.
 
Ainda há tempo...
Para abraçar uma criança,
Ir-se embora em uma jornada.
Além disso; é tempo de esperança!

O Direito das Crianças

O Direito das Crianças
Ruth Rocha

Toda criança o mundo
Deve ser bem protegida
Contra os rigores do tempo
Contra os rigores da vida.
Criança tem que ter nome
Criança tem que ter lar
Ter saúde e não ter fome
Ter segurança e estudar.
Não é questão de querer
Nem questão de concordar
Os diretos das crianças
Todos tem de respeitar.
Tem direito à atenção
Direito de não ter medos
Direito a livros e a pão
Direito de ter brinquedos.
Mas criança também tem
O direito de sorrir.
Correr na beira do mar,
Ter lápis de colorir...
Ver uma estrela cadente,
Filme que tenha robô,
Ganhar um lindo presente,
Ouvir histórias do avô.
Descer do escorregador,
Fazer bolha de sabão,
Sorvete, se faz calor,
Brincar de adivinhação.
Morango com chantilly,
Ver mágico de cartola,
O canto do bem-te-vi,
Bola, bola,bola, bola!
Lamber fundo da panela
Ser tratada com afeição
Ser alegre e tagarela
Poder também dizer não!
Carrinho, jogos, bonecas,
Montar um jogo de armar,
Amarelinha, petecas,
E uma corda de pular.
Um passeio de canoa,
Pão lambuzado de mel,
Ficar um pouquinho à toa...
Contar estrelas no céu...
Ficar lendo revistinha,
Um amigo inteligente,
Pipa na ponta da linha,
Um bom dum cahorro-quente.
Festejar o aniversário,
Com bala, bolo e balão!
Brincar com muitos amigos,
Dar pulos no colchão.
Livros com muita figura,
Fazer viagem de trem,
Um pouquinho de aventura...
Alguém para querer bem...
Festinha de São João,
Com fogueira e com bombinha,
Pé-de-moleque e rojão,
Com quadrilha e bandeirinha.
Andar debaixo da chuva,
Ouvir música e dançar.
Ver carreiro de saúva,
Sentir o cheiro do mar.
Pisar descalça no barro,
Comer frutas no pomar,
Ver casa de joão-de-barro,
Noite de muito luar.
Ter tempo pra fazer nada,
Ter quem penteie os cabelos,
Ficar um tempo calada...
Falar pelos cotovelos.
E quando a noite chegar,
Um bom banho, bem quentinho,
Sensação de bem-estar...
De preferência um colinho.
Embora eu não seja rei,
Decreto, neste país,
Que toda, toda criança
Tem direito de ser feliz!

E quando a noite chegar,
Um bom banho, bem quentinho,
Sensação de bem-estar...
De preferência um colinho.
Uma caminha macia,
Uma canção de ninar,
Uma história bem bonita,
Então, dormir e sonhar...
Embora eu não seja rei,
Decreto, neste país,
Que toda, toda criança
Tem direito a ser feliz!

Rosa

Gotas de Cora Coralina


 
GOTAS

Cora Coralina


Não sei... se a vida é curta
ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
tem sentido,
Se não tocamos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser.

Colo que acolhe

Braço que envolve,
Palavra que Conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo,

é o que dá sentido a vida.
É o que faz com ela
não seja nem curta,
nem longa demais,

Mas que seja intensa,
verdadeira, pura ...

Enquanto durar"
"Feliz aquele
que transfere o que sabe
e aprende o que ensina." "

Meu Amor

        Autora:-Neusa C.Novaes
A noite em meu quarto
cheio de dengos e desejos
vejo você, até em pensamento.
O amor invade pelo meu corpo
deixando um desejo louco
me enlouquecer.
 
Procuro disfarçar, o fogo que queima
 porque você não esta;
 
Faz-me pensar cada vez mais em você;
minha mão percorrendo pelo meu corpo
sinto o prazer no toque.
 
Procuro quem sabe encontrar 
a sua caricia.
Mas você não está.
 
Então penso quem sabe amanhã?
Devagar disfarço meu pensamento  
retiro a mão que me acaricia,  
encosto-me em seu travesseiro para 
sentir seu perfume e durmo 
pensando em você,
"Meu Amor".